Orlando Morando teve quase 68% do votos em São Bernardo

A partir da eleição de domingo, o PSDB segue com o maior número de eleitos nas Câmaras, passando de 22 para 26 cadeiras. E ainda pode ampliar se Beto Vidoski tiver a votação confirmada em São Caetano. Mas, o destaque vai para o PSD. O partido de Gilberto Kassab cresceu mais de 200%, passando de 4 para 13 cadeiras na região. É a única legenda que conseguiu cadeira em todas as cidades da região.

São Bernardo

A maior cidade do ABC vale um capítulo específico. O prefeito Orlando Morando (PSDB), reeleito no 1° turno, conseguiu eleger 24 dos 28 vereadores e, de quebra, fez a maior bacana tucana do Brasil com 10 eleitos.

Cresceram

O Podemos e o PL também incrementaram seus representantes nos Legislativos. O Podemos passou de 4 para 10. Já o PL subiu de 6 para 9.

Caíram

O PT perdeu dois representantes e passou de 16 para 14 cadeiras. Mas  o maior revés foi do MDB. O partido, que detém o maior número de prefeituras no Brasil, não elegeu nenhum vereador na região.

MDB

Em Santo André, o MDB até conseguiu atingir o quociente eleitoral – divisão dos votos válidos pelo número de caseiras-, mas nenhum emedebista conseguiu superar a votação mínima de 10% do quociente.

Ex-prefeito fora

Ainda em Santo André, outro revés. Dois ex-prefeitos não conseguiram cadeira de vereador. Nem Aidan Ravin (Republicanos) e nem Carlos Grana (PT) chegaram a dois mil votos e patinaram. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui