Projeto será feito em parceria o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), que tem como objetivo apoiar o Projeto ImunizaSUS. Foto: Divulgação
Projeto será feito em parceria o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), que tem como objetivo apoiar o Projeto ImunizaSUS. Foto: Divulgação

A Faculdade São Leopoldo Mandic firmou uma parceria o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), que tem como objetivo apoiar o desenvolvimento do Projeto ImunizaSUS., que vai oferecer formação para profissionais que trabalham com vacinação nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do SUS.

A iniciativa, que conta com o apoio do Ministério da Saúde, tem como meta aperfeiçoar até 94 mil profissionais que atuam diretamente nas ações de imunização nas 47 mil UBS em todo território nacional, no período de 10 meses.

A capacitação será realizada pela modalidade EAD, por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem do CONASEMS. O projeto contará com 1.890 tutores, que serão formados pela Faculdade São Leopoldo Mandic. As aulas serão gravadas, distribuídas para os alunos por diversos canais, possibilitando que seja acessível a todas as unidades do Brasil, com disponibilização de material didático e espaço para diálogo com os tutores. O projeto abordará as práticas de imunização para Covid-19 e para as demais vacinas já existentes no calendário nacional por meio da Política Nacional de Imunização PNI.

“A capacitação de profissionais tem relação direta com as boas práticas e com a estratégia de gestão, que permite que a cobertura vacinal seja o mais ampla possível, já que se trata de uma estratégia coletiva, que deve ser seguida por todos. E as UBS são as unidades de assistência mais próximas da população e contam com estrutura e profissionais que ajudam cotidianamente o Brasil a ter a maior política de imunização do mundo. Ficamos honrados de poder contribuir com essa etapa tão significativa para a Saúde e Educação, com a certeza de que podemos impactar positivamente o Sistema de Saúde Brasileiro”, afirma o diretor de Pós-graduação e Pesquisa da SLMANDIC, Prof. Dr. Marcelo Henrique Napimoga.

A Faculdade São Leopoldo Mandic já conta com participação em outros projetos, nos quais os alunos da instituição, assim como os professores, contribuem ativamente. “É uma ação que auxilia na formação de profissionais em consonância com as melhores práticas e com o SUS. Além disso, é o reconhecimento aos docentes, pesquisadores e a excelência acadêmica, que sempre foram os pilares da SLMandic”, conclui Napimoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui