Parque do Ibirapuera- Foto Deposiphotos

A sempre linda, caótica e efervescente cidade de São Paulo completa 467 anos hoje, dia 25 de janeiro. Muitos se lembrarão dos quilométricos bolos servidos nesta data e motivo de vexatórias disputas, além dos shows ao ar livre e aquela aglomeração que todo mundo está com saudade. No entanto, 2020 já acabou, 2021 começou e, ao que tudo indica, a batalha contra o COVID-19 ainda terá alguns capítulos, o que significa que precisaremos ficar sem aglomerar por mais um tempo.

Masp e Av. Psaulista – Foto Depositphotos

Mas isso não nos impede de celebrar a cidade de um jeito diferente, com atrações para todas as idades.  Uma delas é o Beco do Batman, badalado e queridinho espaço aberto localizado no coração da Vila Madalena. Suas paredes são cobertas de grafites, em uma atmosfera que exala pelos quatro cantos a cultura pop. Um dos artistas que dava vida ao Beco era Wellington Benfati, conhecido como Nego Vila e que recentemente perdeu a vida de maneira abrupta. Ir lá e tirar foto é também, indiretamente, homenageá-lo. O beco fica entre as ruas Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque e nunca fecha.

Falando em nunca fecha, sugerimos agora um lugar que sempre tem algo novo a nos contar. Seja aos finais de semana, com as apresentações dos artistas de rua, ou nos museus como o MASP, a Casa das Rosas e a Japan House, a Avenida Paulista é sempre uma ótima opção, com seus 2,7 mil metros. Outra curiosidade sobre ela é que, apesar de muitos pensarem, a Paulista não termina na Consolação. Seu fim ocorre mesmo quando começa a rua Minas Gerais.

Mas se quiser dica de área verde, espaço para práticas esportivas e ar puro, o destino perfeito pode ser o Parque Villa-Lobos. Em tempos sem COVID-19, o Villa-Lobos, assim como o Ibirapuera, outra sugestão de passeio, abriga show e eventos culturais. Como a atual situação não nos permite pensar nisso, a sugestão é pensarmos em atividades que não envolvam aglomeração. O Villa funciona das 5h30 às 19h. Todos os dias.

Outro ícone dessa aniversariante, por sinal projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, é o Edifício Copan. O ícone dos edifícios de SP tem 115 metros de altura, seis blocos, 35 andares, 1.160 apartamentos nos mais variados padrões e tamanhos, em uma verdadeira cidade na vertical, além de cinco mil moradores. E é uma cidade mesmo, já que, além dos apartamentos, o edifício também abriga lojas, escritórios, salões de beleza, restaurantes, cafés, entre outros estabelecimentos. 

Ed. Copan – Depositphotos

E pra você, qual o seu endereço preferido em SP?       

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui