Plataforma de fretamento colaborativo não limita compra por CPF, e viagens podem ser agendadas para 2021 de acordo com o estoque. Foto: Divulgação
Plataforma de fretamento colaborativo não limita compra por CPF, e viagens podem ser agendadas para 2021 de acordo com o estoque. Foto: Divulgação

Pensando em garantir a maior praticidade aos consumidores, a Buser – plataforma online de intermediação de viagens de ônibus -passou a realizar vendas via WhatsApp.

O novo canal de vendas da startup nasce para facilitar a vida dos clientes, oferecendo uma opção mais cômoda e proporcionando acesso prático aos serviços da empresa. O CEO da Buser, Marcelo Abritta, comenta. “A intenção por trás dessa ação é democratizar o acesso à Buser, facilitando ao máximo o uso da plataforma para todos que quiserem viajar com conforto e preço justo”.

Além do WhatsApp como opção de portal de vendas, os usuários também podem procurar e comprar viagens através do site da Buser ou de seu aplicativo (Android, iOS). Recentemente, a empresa também passou a aceitar pagamentos via Pix, sendo uma das primeiras empresas (e a primeira do setor de transportes) a disponibilizar o novo sistema de pagamentos do Banco Central como opção aos clientes. Apesar de ainda estar em uma fase inicial do projeto, vendas via Pix já representam mais de 15% do total da empresa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui